SEJA O CAMPEÃO! – Medo de perder

arquivo – FotografiaSEJA O CAMPEÃO! – Medo de perder

This month marks a significant landmark, as ALEX MUSTARD presents the 60th in this series on taking potentially prize-winning underwater photos. His subject? Leaving your strobes behind – do you dare to do it?
‘It is not an easy thing to do, because most of us are paralysed by FOMO – Fear Of Missing Out’

ABRACE A LUZ. Admire isso. Adoro. Mas acima de tudo, conheça a luz. Saiba tudo o que você vale e você saberá a chave para fotografia.” These words by George Eastman, the founder of Kodak, probably popped into my head when selecting the photos for this month’s column, because the green picture below was taken not on digital, but years ago on one of his films.
Film, as I should explain for younger readers, is what we used before cameras went digital. Think of it as a combined image sensor and memory card, although one that had to be reset with a lever between shots and that only let us take 36 photos on a dive.
Ah, e também não nos mostrava nossas fotos, escondendo-as por vários dias ou até semanas antes de sabermos se elas haviam sido publicadas!
Muita coisa mudou em fotografia desde aquela época, mas o conselho de Eastman é tão pertinente como sempre. A tecnologia pode evoluir, mas a forma como a luz solar se comporta debaixo de água permanece constante.
No entanto, de todos os ramos fotografia, os fotógrafos subaquáticos são famosos por sua falta de reverência pela luz.
We can come up with convincing excuses, such as having to focus on staying safe in an alien environment while shooting, but I believe that the real culprit is our strobes.
Most underwater photos are taken with flash, which take application and concentration to master. The result is that we become strobe-obsessed (some of us have even written a whole book on the subject!) and tend to take the ambient light a bit for granted.
There is a cure – to go for a dive without your strobes. It is not an easy thing to do, because most of us are paralysed with FOMO – the Fear Of Missing Out. Just as we’re about to detach our strobes and leave them on the boat our mind races with thoughts and what-ifs! My students regularly suggest to me that they will take their strobes and “only turn them on if they need them”, but this misses both the opportunity and the point.
Ironically, it is the FOMO about subjects that actually means we miss out on the valuable aulas about light. I strongly believe that we learn to embrace, to admire and to love available light under water only by doing some dives where it our only light source.
O momento em que realmente conhecemos a luz ambiente não é quando ela é fácil de usar, mas quando é difícil. O aprendizado mais valioso surge naqueles momentos em que a opção óbvia seria usar o flash. Mas quando isso não é uma opção, temos de encontrar uma solução com a luz disponível, e este é o caminho para saber tudo o que valemos.

UNDERWATER STROBES are connected to our cameras with strobe arms, which means that whatever the direction in which we point our camera the strobes follow, and we have light. The upshot is that we rarely think about how the direction in which we point our camera affects the light.
A luz ambiente subaquática tem uma forte direção e é o primeiro e mais importante fator a considerar sempre que a utilizamos. As regras são simples, o desafio é considerá-las quando um grande assunto vem nadando em nossa direção!
When we want detail and colour in the subject, like the foto of the plane, we must always shoot with the sun on our back, so that it comes over our shoulder and fully illuminates the subject.
Quando fotografamos contra a luz aumenta o contraste e cria silhuetas, dando impacto mas privando a imagem de detalhes e cores do assunto.
Embora a luz sempre venha de cima quando você está debaixo d'água, o sol raramente está diretamente acima, então a luz solar também terá uma direção horizontal. Perceber isso e depois explorá-lo é crucial.
A luz é fortemente direcional em águas claras e rasas. O aumento da profundidade e a visibilidade reduzida não apenas diminuem a quantidade de luz, mas também eliminam a direção, exceto por uma suave progressão descendente da luz. Enquanto estiver em uma profundidade em que você ainda possa ver o sol, a luz terá uma direção clara.
Uma vez que a visibilidade e/ou profundidade obscurecem o sol, a luz é suave e sem direção.

LUZ AMBIENTE as imagens podem ser aprimoradas com gratidão pelo processamento, especialmente em termos de cor e contraste – os dois fatores que diminuem a fotografia na água.
O primeiro passo deve ser corrigir as cores utilizando o balanço de branco. No Lightroom, a maioria das pessoas prefere começar com o conta-gotas de equilíbrio de branco, mas, a meu ver, isso geralmente exagera um pouco nas correções, então muitas vezes recuo um pouco os valores que ele produz, movendo ambos os controles deslizantes para a esquerda.
Se a imagem for mais uma silhueta, ao invés de tentar corrigir a cor refletida na água prefiro deixar assim. A imagem verde na primeira página gera a maior parte de sua atmosfera a partir dos ricos tons esmeralda, por isso queremos preservá-los, em vez de eliminá-los do equilíbrio de branco.
As imagens com luz ambiente geralmente têm uma aparência desbotada e a maioria se beneficiará de um aumento significativo no contraste. O primeiro passo para aumentar o contraste é fortalecer os pretos (no Lightroom, mova o controle deslizante Pretos para a esquerda). O controle deslizante Dehaze movido para a direita tem um efeito semelhante.
We can then add further contrast using the contrast slider or the clarity slider, probably requiring higher values than our strobe-lit shots. At this stage we might need to back off the Blacks or Dehaze a little, as both have a tendency to obscure detail in the darker parts of the picture. Get the tweaking right and your pictures will really pop.
The twist in this tale is that the real pay-off of truly knowing ambient light happens when we attach our strobes again. A handful of dives shooting in just available light massively enhances our knowledge of light, and this will transform our capabilities when shooting wide-angle with our strobes.
Or, in the words of my double-act partner Martin Edge: “Photography is all about light; underwater wide-angle is all about the natural light.”

DICA INICIANTE
Do a dive without strobes. Don’t choose to try it at a macro site or on a night dive, but on a sunny day in reasonably shallow water.
Leave your strobes behind because they are a distraction, and also stop thinking about how to
use a luz ambiente em situações complicadas. Em outras palavras, eles vão impedir você de aprender.

PONTA MÉDIA DA ÁGUA
A luz ambiente em águas rasas geralmente tem uma direção horizontal clara. Isso significa que você deve ser disciplinado na forma como aborda os assuntos e saber que nem todos os assuntos estarão disponíveis em qualquer mergulho.
Em caso de dúvida, nade até o sol, depois volte e fotografe o assunto para maximizar a cor e os detalhes.

DICA AVANÇADA
Aumentar o contraste no pós-processamento realmente fará com que a maioria das imagens com luz ambiente se destaquem.
In Photoshop I like to use a feature called High Pass Filter to add contrast and pull out detail, blending in soft light mode.
The larger the details you want to pop, the coarser you should set the filter radius.

CHAVE DE LEGENDA

A tonalidade da água, verde ou azul, acrescenta atmosfera, e nem sempre queremos removê-la. Tirada com uma Nikon F100 e Nikon 16mm. Habitação subal. Kodak Extracolor. 1/60 @ f/8, ISO 100.

To exploit available light, we need to know it, working with the direction here to reveal colour and detail in this Japanese plane wreck. Taken with a Nikon D4 and Nikonos 13mm. Subal housing. Magic filter. 1/160th @ f/14, ISO 400.

Adicionar contraste e corrigir cores faz com que as imagens com luz disponível se destaquem. Tirada com uma Nikon D4 e Nikon 16mm. Habitação subal. 1/80 @ f/16, ISO 400.

Apareceu no DIVER julho de 2017

VAMOS MANTER CONTATO!

Receba um resumo semanal de todas as notícias e artigos da Divernet Máscara de mergulho
Não fazemos spam! Leia nosso política de privacidade para mais informações.
Subscrever
Receber por
convidado

0 Comentários
Comentários em linha
Ver todos os comentários

Entre em contato

0
Adoraria seus pensamentos, por favor, comente.x