Caçadores furtivos de tubarões chineses em Galápagos são presos

arquivo – Notícias de mergulhoCaçadores furtivos de tubarões chineses em Galápagos presos

Num veredicto destinado a disparar um tiro de advertência na proa de navios que pescam ilegalmente tubarões no principal destino de mergulho nas Galápagos, um tribunal no Equador condenou 20 tripulantes de um navio de carga refrigerado chinês a entre um e quatro anos de prisão.

Eles também foram multados em US$ 5.9 milhões por retirarem tubarões da reserva.

A Fu Yuan Yu Leng 999 é considerado o maior navio já capturado na Reserva Marinha de Galápagos, que é Patrimônio Mundial da UNESCO. Foi interceptado pela Marinha do Equador em 13 de agosto e sua tripulação presa. 

O navio, que agora foi confiscado, transportava cerca de 300 toneladas de peixes, consistindo principalmente de 6600 tubarões, incluindo espécies quase extintas e ameaçadas de extinção, como os tubarões-martelo.

A sua detenção provocou uma queixa oficial à embaixada chinesa na capital do Equador, Quito, e manifestações de ambientalistas fora dela.

Os manifestantes foram reforçados por membros da comunidade das Galápagos, que consideram que o sustento das ilhas do Pacífico proveniente da pesca e do turismo está ameaçado pelos caçadores furtivos.

O Presidente do Equador, Moreno, afirmou que não aceitará a violação da soberania marítima do país por qualquer frota pesqueira estrangeira – referindo-se a até 200 navios de bandeira chinesa que alegadamente operam na zona económica exclusiva das Ilhas Galápagos.

Divernet – O Maior Online Recurso para mergulhadores

29 17-Aug-

VAMOS MANTER CONTATO!

Receba um resumo semanal de todas as notícias e artigos da Divernet Máscara de mergulho
Não fazemos spam! Leia nosso política de privacidade para mais informações.
Subscrever
Receber por
convidado

0 Comentários
Comentários em linha
Ver todos os comentários

Entre em contato

0
Adoraria seus pensamentos, por favor, comente.x