Hollis LX100 e LX200

The 2019 regulador mercado é um lugar extremamente competitivo, com um bom número de fabricantes oferecendo gamas de regulador fixa-se em preços que aumentam lentamente.

Eles se diferenciam por melhorias na qualidade de construção à medida que você aumenta a gama, recursos que os diferenciam de seus concorrentes e procuram atrair novos compradores.

Observe que não mencionei melhor desempenho. Alguns anos atrás você poderia comprar duff regs. Não mais. Hoje em dia, você pode ter certeza de que qualquer conjunto de registros que você comprar estará à altura do trabalho de fornecer o gás que você precisa.

That’s the reality of the challenge Hollis has taken on with its new LX100 and LX200 regulador sets, and at first sight it has certainly nailed the looks part of the package, with shiny first stages, Miflex lightweight flexible hoses and second stages boasting red highlights on their mouthpieces and behind their purges.

Os desenhos

Eu presumi que o LX100 e o LX200 seriam muito semelhantes, mas são produtos completamente diferentes.

Primeiro estágio Hollis DC3 (parte superior) e primeiro estágio DCX – um revestimento dá ao DCX seu brilho distinto.
Primeiro estágio Hollis DC3 (parte superior) e primeiro estágio DCX – um revestimento dá ao DCX seu brilho distinto.

The LX100 second stage uses the DC3 first stage. Available in DIN or A-clamp, the DC3 is a pneumatically balanced valve that’s environmentally sealed to prevent internal corrosion, and meets the relevant CE standard for a coldwater regulator.

Four low-pressure and two high-pressure ports are spaced around the outside of the regulator, which means that there’s plenty of room for two pressure gauges, say a manual SPG and a computador sender, plus main, octo, BC and roupa seca-mangueiras de inflação.

Algumas portas se inclinam um pouco para trás, então o roteamento pode não ser ideal, mas a vantagem é um conjunto compacto e leve.

The LX100 second stage is made of black polymer, set off by the red and black orthodontic mouthpiece and the red cover for the diaphragm hiding behind a honeycomb front mesh that forms the purge.

As supplied, the second stage is set up hose-right to run over your right shoulder, but the hose can be swapped over if you wish. Hollis says you don’t need any fancy tools to make the swap, which is always nice.

Existe uma alavanca Venturi simples para definir os modos de pré-mergulho e mergulho, e é isso. Você poderia dizer que é básico. Prefiro chamar de simples, onde simples é igual a tudo que preciso e nada que não preciso.

The LX200 is the new Hollis range-topper, and the manufacturer says it is intended for extreme environments. The first stage is the DCX, which offers two hp ports on the barrel of the regulator and a rotating turret with four lp ports around the perimeter and a fifth on the top.

The regulator is plated using physical vapour deposition (PVD), an industrial process producing a tougher external finish than the traditional chrome-plating, intended to look good for longer.

Visually, the LX200 second stage looks very similar to that of the LX100, the only real difference being a breathing-rate adjustment knob in addition to the venturi lever.

Ambos os conjuntos de registros pareciam bons quando eu os desempacotei, exalando aquele importante apelo de prateleira.

The PVD-plated LX200 set was especially cool-looking, with the plating giving a sheen to the metal that made the second stage stand out among chromed valves.

I was a little concerned at first that the black polymer bodies of both the LX100 and LX200 second stages were susceptible to handling marks, but in use that wasn’t the case.

O que inicialmente pareciam pequenas marcas no polímero foi simplesmente ignorado.

Se eu estivesse fazendo compras na minha loja de mergulho local e visse esses regs I would have wanted a closer look, my only reservation being that both the second stages looked a bit long, front to back, making me wonder if they might cause jaw fatigue in the water.

On the other hand, Hollis suggests two-year service intervals, and offers a lifetime warranty and free parts for life.

Sob a água: LX100

A aparência é uma coisa, mas o desempenho na vida real é o único teste real, então é hora de obter o regs molhado.

Eu sei que deveria prolongar o assunto e mantê-los na dúvida com uma mistura cuidadosa de comentários positivos e negativos, mas não vou fazer isso.

Hollis LX100 em uso.
Hollis LX100 em uso.

Tanto o LX100 quanto o LX200 respiram lindamente, com uma qualidade suave como a seda no fornecimento de gás, e eram praticamente idênticos no que diz respeito aos meus pulmões não calibrados pela ANSTI. Eu ficaria feliz em usar qualquer um deles em termos de qualidade de respiração.

I started with the LX100, which screwed into the cylinder-valve with enviable ease and smoothness. DIN threads can sometimes feel a bit scratchy or bind a bit, but the LX100 was exemplary.

Opening the cylinder-valve can also be a bit of an event sometimes as everything comes up to pressure and the hoses go rigid, but not the LX100. In fact, had the needle on the contents gauge not moved, I wouldn’t have known that the set was pressurised.

Ao colocar o BC, percebi a purga do LX100 e, como estupidamente deixei a alavanca do venturi na posição de mergulho, ela fluiu livremente até que girei a alavanca e enfiei um dedo no bocal.

The LX200 will also do this if you have the breathing-resistance knob set at minimum and the venturi lever in the dive position, but it isn’t a fault, just a measure of how finely the cracking pressure of the two second stages is set.

Bocal Hollis.
Bocal Hollis.

The mouthpiece of the LX100 fitted my mouth and teeth well, with no trace of insecurity and no jaw-fatigue even after an hour in the water. I put this down to the mouthpiece design, because the inner curve of the exhaust T didn’t quite sit on my chin with either second stage.

My preference is for Comfo-bite mouthpieces, and have been known to swap to them even on new regs, but I wouldn’t feel any need to change these Hollis mouthpieces, so my one initial reservation had been neatly dispatched.

Em um corte horizontal normal, o LX100 respirava muito bem, estalando à menor inspiração, mas não soprando ar pela minha garganta, mesmo quando foi abusado pela minha respiração ofegante e ofegante o mais forte que pude.

Going vertical, head-up or head-down, rolling around or laid on my back and taking it easy, the breathe felt equally smooth.

Eu estava tendo um daqueles dias em que meu máscara, normalmente seco e tenso como o proverbial nome do pato, vazava persistentemente e embaçava continuamente, então, ao rolar de costas, havia gotas de água escorrendo pelo interior do meu nariz. Isso não foi legal, mas o LX100 certamente não estava se comportando mal e simplesmente continuou a fornecer gás perfeitamente.

Grande carrapato de mim. Gosto disso. Hora do irmão mais velho.

Sob a água: LX200

Não vou pedir que você releia todas essas coisas básicas novamente; acredite em mim que o LX200 funciona tão perfeitamente quanto o LX100, com ajuste extra do botão de controle de resistência à respiração, se você sentir necessidade de girá-lo.

Eu devo ter comentado antes que realmente não entendo o objetivo desses botões. Por que colocar grandes quantidades de repolho suado em um conjunto de registros de alto desempenho e depois desajustá-lo?

Quantos proprietários de Ferrari voltam à garagem pedindo que seu carro novo fique mais lento?

Mas sei que alguns de vocês discordarão e, para vocês, o controle funciona bem.

Totalmente aberto e a respiração é suave e de alto volume, sem ser violenta. Fechado, e você precisa sugar um pouco, mas nunca a ponto de sentir como se estivesse tendo seu primeiro ataque de asma.

If you want a second stage with breathing resistance adjustment, this one works well. That means another big tick from me.

The venturi levers on both second stages were easy to locate and move with a gloved hand, and the BRA knob on the LX200 was equally easy to twiddle even with my Kevlar dipped 5mm gloves.

Both also purged progressively and easily, allowing full control over the amount of gas that the purge swooshed through the second stage.

Conclusão

Então é isso. Eu me sentiria confortável usando o LX100 ou LX200 para tecnologia ou recreação, água fria ou quente. Na verdade, quanto mais reflito sobre o fornecimento de gás desses conjuntos, mais impressionado fico – há uma suavidade no fluxo de gás que é difícil de descrever, mas que os torna muito agradáveis ​​de usar.

Eu ficaria tentado pelo preço mais baixo do LX100, mas gosto muito da ideia do revestimento mais resistente do LX200. Independentemente de qual você escolher, esses são bons registros.

óculos

TESTER> Mike Ward

PREÇOS> LX100/DC3 – £ 345. LX200/DCX – £ 500

PORTOS> LX100 – 4lp, 2cv. LX200 – 5lp, 2cv

PESO> LX100 – 1070g. LX200 – 1200g

CONTATO> hollis. com

GUIA DO MERGULHADOR>  9/10

VAMOS MANTER CONTATO!

Receba um resumo semanal de todas as notícias e artigos da Divernet Máscara de mergulho
Não fazemos spam! Leia nosso política de privacidade para mais informações.
Subscrever
Receber por
convidado

0 Comentários
Comentários em linha
Ver todos os comentários

Entre em contato

0
Adoraria seus pensamentos, por favor, comente.x