Mergulhos em naufrágios premiados capturados

NOTÍCIAS DE MERGULHO

Mergulhos em naufrágios premiados capturados

Mar do Sul

A história de Patrick Thomas e HMS LCH185 foi apresentada na Conferência NAS.

Os membros do Southsea Sub-Aqua Club ganharam o Prêmio Adote um Naufrágio da Sociedade de Arqueologia Náutica (NAS) 2019, e sua busca por uma embarcação de desembarque afundada durante os desembarques do Dia D foi capturada em um documentário chamado No Roses on a Sailor’s Grave.

Em 1944, o jovem marinheiro Patrick Thomas sobreviveu por pouco ao naufrágio do HMS LCH185 durante a invasão da Normandia. Ele nunca havia falado sobre o incidente até que, anos depois, em uma viagem à Normandia, conheceu o arqueólogo John Henry Philips, que lhe disse que tentaria encontrar o LCH185.

Em agosto de 2017, o hidrógrafo Chris Howlett apresentou os membros do Southsea SAC a uma equipe de documentários da Go Button Media.

“Chris acreditava ter encontrado os destroços de Patrick e nos recomendou como uma equipe de mergulho capaz de realizar uma pesquisa no local do naufrágio para confirmar sua identidade”, disse Martin Davies, membro do clube.

“Quando ouvimos sobre o desejo de Patrick de comemorar seus companheiros perdidos, ficamos muito interessados ​​em apoiar o esforço para que ele pudesse homenagear seus amigos depois de mais de 70 anos e apoiar John em sua promessa de encontrar seu navio.”

A maioria dos 7000 navios envolvidos nos desembarques da Operação Netuno em junho de 1944 foram perdidos, e muitos dos que morreram neles nunca foram encontrados. Os mergulhadores examinaram os destroços alvo e criaram um relatório, conforme refletido no documentário.

16 de Dezembro de 2019

“O naufrágio é apenas um dos pelo menos 150 naufrágios na Baie de Seine que se acredita estarem associados à invasão das forças aliadas”, disse Alison Mayor, do clube. “Nosso relatório foi submetido ao Departamento de Cultura Marítima Francês e fará parte da documentação de apoio ao pedido de designação de Patrimônio Mundial da UNESCO.

“Esperamos que nosso trabalho ajude a manter viva a memória desses acontecimentos e devidamente registrada na história.”

Pelo que a NAS descreve como seu “trabalho excepcional” no projeto, Mayor e Davies receberam o prêmio Adopt a Wreck na Conferência da NAS em Portsmouth.

O documentário de longa-metragem será exibido em festivais de cinema a partir do início de 2020. “É raro ter a chance de mudar a história e, de certa forma, sentimos que seguir a aventura de Patrick e John consegue exatamente isso”, disse o diretor Daniel Oron.

“Histórias como essas são importantes para as gerações atuais e futuras. Infelizmente, perdemos mais veteranos a cada ano e com tão poucos ainda entre nós, as memórias estão a desvanecer-se e o mundo seguirá em frente. No entanto, eventos como aqueles em que Patrick participou são críticos se quisermos aprender com a história.”

Um trailer e mais informações sobre o documentário podem ser encontrados aqui.

VAMOS MANTER CONTATO!

Receba um resumo semanal de todas as notícias e artigos da Divernet Máscara de mergulho
Não fazemos spam! Leia nosso política de privacidade para mais informações.
Subscrever
Receber por
convidado

0 Comentários
Comentários em linha
Ver todos os comentários

Entre em contato

0
Adoraria seus pensamentos, por favor, comente.x