Mergulhadores verificam naufrágios de rio na Polônia

NOTÍCIAS DE MERGULHO

Mergulhadores verificam naufrágios de rio na Polônia

Barca X

Foto: Stowarzyszenie Archeologów Jutra

Mergulhadores arqueológicos que pesquisam o rio Vístula, perto da capital da Polónia, Varsóvia, descobriram uma szkuta ou barcaça de madeira bem preservada, que calculam poder ter até 600 anos.

Acredita-se que a embarcação de 37 metros de comprimento e 6 metros de largura tenha sido construída entre os séculos XIV e XVIII para transportar até 14 toneladas de grãos. A Polónia foi durante muito tempo o principal fornecedor da Europa Ocidental, e o Vístula, com 18 milhas, é o seu maior rio, desaguando no Mar Báltico.

Os pesquisadores da Stowarzyszenie Archeologów Jutra (Associação de Arqueólogos do Amanhã) usaram sonar de varredura lateral para pesquisar o leito lamacento do Vístula como parte de seu trabalho para criar um inventário de pontes fluviais desabadas.

Eles também encontraram parte da estrutura de madeira de outro barco de idade indeterminada durante o levantamento de uma seção de 2 quilômetros do rio ao norte de Varsóvia, bem como estacas e restos da estrutura de uma ponte construída pelo Exército Alemão na Segunda Guerra Mundial.

24 de Janeiro de 2020

Os seus mergulhos no local da barcaça foram dificultados pela visibilidade de não mais de 20 cm e pelo fluxo rápido do rio. Não foram encontrados vestígios de carga, como seria de esperar se se tratasse de um transportador de grãos.

Até agora, apenas dois destroços foram encontrados nesta secção do rio, uma barcaça do século XIX e uma embarcação do século XVI demasiado deteriorada para ser identificada. Amostras de ambos os locais de naufrágios recém-descobertos serão testadas quanto à idade.

VAMOS MANTER CONTATO!

Receba um resumo semanal de todas as notícias e artigos da Divernet Máscara de mergulho
Não fazemos spam! Leia nosso política de privacidade para mais informações.
Subscrever
Receber por
convidado

0 Comentários
Comentários em linha
Ver todos os comentários

Entre em contato

0
Adoraria seus pensamentos, por favor, comente.x