Oito ‘novos’ naufrágios profundos de Malta abertos ao mergulho

NOTÍCIAS DE MERGULHO

Oito ‘novos’ naufrágios profundos de Malta abertos ao mergulho

HMSRussell X

HMS Russell, extraído em 1916.

Oito naufrágios profundos serão oficialmente acessíveis aos mergulhadores técnicos nas ilhas maltesas a partir de maio.

The Underwater Cultural Heritage Unit, part of Malta’s Tourism Ministry, is coordinating diving activities on the wrecks.

Three aircraft are among the eight wrecks – two from WW2, a Junkers 88 bomber in 60m off Bahar ic-Caghaq and a Fairey Swordfish torpedo-bomber biplane at around 55m, and an unidentified plane at 90m.

25 de fevereiro de 2019

Dos naufrágios, três eram navios de guerra da Marinha Real. HMS Russell, um navio de guerra pré-Dreadnought, atingiu uma mina e afundou em 27 de abril de 1916, com a perda de 125 homens. O naufrágio, que fica a 114m, foi visitado pela primeira vez por mergulhadores em 2003.

Também da Primeira Guerra Mundial estão os destroços do caça-minas e subcaçador HMS Chagas, que foi afundado por uma mina no dia seguinte ao Russell com a perda de sete tripulantes, e fica a 67m.

HMT Estrela confiável foi uma traineira requisitada durante a Segunda Guerra Mundial como caça-minas, mas ela mesma foi minada em 2 de junho de 10. Os destroços estão a uma profundidade de 1942m.

Destruidor da Marinha Polonesa ORP Kujawiak era originalmente HMS Oakley, navio irmão do conhecido destróier naufragado HMS Southwold. Extraído em 16 de junho de 1942, encontra-se a 90m.

O oitavo naufrágio é o do Collier SS britânico Luciston, situado a 105 m, tendo sido torpedeado em 29 de novembro de 1916. Espera-se que mais quatro naufrágios sejam anunciados posteriormente.

Because of new regulations in Malta all dives on the named wrecks have to be booked through one of Malta’s 60 or so dive-centres, which will be responsible for ensuring that divers have appropriate qualifications and experience. Divers will be charged a fee, the level of which has yet to be decided. Both the centre and boat-operator will require special permits, and dive-boats have to be fitted with the Automatic Identification System (AIS) for monitoring purposes.

Meanwhile three previously undiscovered WW2 wrecks, a ship and two aircraft, are reported to have been discovered in Maltese waters during a scientific survey.

The survey was being carried out as part of preparations to construct a gas pipeline between Malta and Sicily.

“This is great news for Malta’s heritage,” said Energy Minister Joe Mizzi, who told MPs in Malta’s Parliament that the pipeline’s route would be altered to bypass the remains. No details of the wrecks have yet been made available.

VAMOS MANTER CONTATO!

Receba um resumo semanal de todas as notícias e artigos da Divernet Máscara de mergulho
Não fazemos spam! Leia nosso política de privacidade para mais informações.
Subscrever
Receber por
convidado

0 Comentários
Comentários em linha
Ver todos os comentários

Entre em contato

0
Adoraria seus pensamentos, por favor, comente.x