Boas notícias para os caranguejos – mas não para nós

NOTÍCIAS DE MERGULHO

Boas notícias para os caranguejos – mas não para nós

Mirta

Foto: Paul Morris

É bem sabido que os microplásticos contaminam os ecossistemas marinhos, mas embora muita investigação tenha sido dedicada à avaliação da extensão dos danos, pouco foi feito até agora sobre os efeitos nas interações predador-presa.

Agora, um estudo sobre o comportamento dos moluscos liderado pelo professor Laurent Seuront, do Centro Nacional de Investigação Científica de França, demonstrou que as toxinas químicas lixiviadas dos microplásticos têm efeitos biológicos diretos na capacidade de defesa das presas.

28 Novembro de 2018

Sua equipe mostrou que essas toxinas perturbam os mecanismos de defesa de uma espécie-chave na cadeia alimentar, a pervinca comum (Littorina littorea), na presença de seu predador o caranguejo comum do litoral (Carcinus maenas).

Este aumento na sua vulnerabilidade representa uma ameaça para toda a cadeia alimentar, diz o Prof Seuront.

Periwinkles were kept in water in laboratory tanks containing microplastics in the sort of concentration found on the French beach from which they were collected.

When the shellfish failed to react when the crabs were introduced to the tank, it was concluded that the chemicals affected the periwinkles’ senses, both suppressing their ability to detect the crabs, and then preventing them from using instinctive defensive behaviour such as retreating into their shells or hiding among rocks.

“Estes resultados sugerem que os efeitos biológicos dos lixiviados microplásticos podem ter implicações importantes para os ecossistemas marinhos em táxons que dependem de sinais quimio-sensoriais para escapar à predação”, conclui o estudo, publicado na Biology Letters.

VAMOS MANTER CONTATO!

Receba um resumo semanal de todas as notícias e artigos da Divernet Máscara de mergulho
Não fazemos spam! Leia nosso política de privacidade para mais informações.
Subscrever
Receber por
convidado

0 Comentários
Comentários em linha
Ver todos os comentários

Entre em contato

0
Adoraria seus pensamentos, por favor, comente.x