Como mantas fazem amigos

NOTÍCIAS DE MERGULHO

Como mantas fazem amigos

MantasRob Perryman

Foto: Rob Perryman/MMF

As raias manta formam relações sociais e escolhem ativamente os seus parceiros sociais, de acordo com um novo estudo que afirma ser o primeiro a descrever tais laços.

The research, published today (22 August) by scientists from the Marine Megafauna Foundation (MMF), Macquarie University, University of Papua, and University of York, suggests that far from being solitary creatures, reef mantas typically form groups that meet up at shallow-water feeding and cleaning sites.

Studying more than 500 such groups in Indonesia’s Raja Ampat marine park over five years, the researchers took identification photos of all rays present in each group, and monitored whether individuals were more likely to be seen together at different times and in different locations than might be expected if their encounters were random.

Eles identificaram duas comunidades sociais distintas, mas conectadas, vivendo juntas. Um consistia principalmente de fêmeas maduras, enquanto o outro era uma mistura de machos, fêmeas e juvenis.

A análise indicou que estas comunidades continham uma rede de muitos conhecidos fracos, mas com algumas relações mais fortes e duradouras. As fêmeas tendiam a criar laços de longo prazo com outras fêmeas, mas os machos faziam poucas ligações fortes, o que a equipa atribuiu às suas “diferentes estratégias reprodutivas ou padrões de dispersão”.

22 agosto 2019

Location seemed to be important to the mantas’ social groupings. The researchers were surprised to find rays returning regularly to particular cleaning stations, given their mobility and the fact that all the sites lay close together, and concluded that groups used them as meeting points.

“Like dolphins, manta rays are intelligent and perform collective behaviours such as foraging and playing,” said lead author Rob Perryman, an MMF researcher and PhD student at Macquarie.

“They are curious, often approaching humans, and individuals appear to have different personalities. It turns out that reef manta rays actively choose to group with preferred social partners.

“Ainda entendemos muito pouco sobre como as mantas vivem as suas vidas, mas sabemos que são socialmente interactivas, e estas interacções parecem importantes para a estrutura das suas populações”, disse Perryman, acrescentando que a compreensão das suas relações poderia ajudar a prever os movimentos das mantas, o acasalamento. padrões e respostas aos impactos humanos.

“Saber como as mantas interagem é importante, especialmente em áreas onde são suscetíveis ao aumento do turismo de mergulho”, disse a Dra. Andrea Marshall, principal cientista do MMF.

“The increasing number of boats and scuba divers around reef mantas in Raja Ampat, particularly at cleaning stations, could break apart their social structures and have impacts on their reproduction.”

Manta rays have been protected in Indonesia since 2014.

O estudo é publicado em Ecologia Comportamental e Sociobiologia.

VAMOS MANTER CONTATO!

Receba um resumo semanal de todas as notícias e artigos da Divernet Máscara de mergulho
Não fazemos spam! Leia nosso política de privacidade para mais informações.
Subscrever
Receber por
convidado

0 Comentários
Comentários em linha
Ver todos os comentários

Entre em contato

0
Adoraria seus pensamentos, por favor, comente.x