Mergulhador de naufrágios que acumulava maconha é preso

NOTÍCIAS DE MERGULHO

Mergulhador de naufrágios que acumulava maconha é preso

Sihanoukville

Um homem descrito como mergulhador experiente foi preso no Camboja por posse de 281 potes de barro antigos que é acusado de ter resgatado ilegalmente de um naufrágio. 

O homem de 42 anos mantinha vasos intactos de vários tamanhos em sua casa, de acordo com uma reportagem da Associated Press. Estão agora a ser examinados por especialistas e, embora a sua idade exacta ainda não tenha sido determinada, estima-se que datam entre os séculos XV e XVII dC e, portanto, devem ser classificados como antiguidades legalmente protegidas.

O homem teria mergulhado na área em que o navio afundou, perto da cidade de Sihanoukville, no leste do Golfo da Tailândia, embora não esteja claro se os destroços já foram examinados e qual a profundidade. Sua casa foi colocada sob observação antes de sua prisão.

A polícia interrogou-o esta semana para saber quando e como recuperou tantos artefactos e se a sua intenção era vendê-los. Esperava-se que ele fosse acusado de interferir na herança cultural do Camboja.

Há cinco anos, várias centenas de itens semelhantes teriam sido coletados em um naufrágio chinês na província vizinha de Koh Kong.

30 Setembro 2020

o maior

VAMOS MANTER CONTATO!

Receba um resumo semanal de todas as notícias e artigos da Divernet Máscara de mergulho
Não fazemos spam! Leia nosso política de privacidade para mais informações.
Subscrever
Receber por
convidado

0 Comentários
Comentários em linha
Ver todos os comentários

Entre em contato

0
Adoraria seus pensamentos, por favor, comente.x