Vasto recife de coral em águas profundas surpreende cientistas

O submersível Alvin coleta amostras de Desmophyllum pertusum durante um mergulho inicial no recife da Península Blake (Woods Hole Oceanographic Institution)
O submersível Alvin coleta amostras de Desmophyllum pertusum durante um mergulho inicial no recife da Península Blake (Woods Hole Oceanographic Institution)

Justamente quando pensamos que estamos a controlar os oceanos do mundo, surge uma descoberta inesperada que subverte a compreensão dos cientistas.

A previously unsuspected “gas-powered” coral reef, estimated to be at least 85 miles long, has just been discovered in the Atlantic off the USA’s south-east coast.

A descoberta foi feita em 23 de agosto por cientistas da Administração Oceânica e Atmosférica Nacional, do Bureau of Ocean Energy Management e do Serviço Geológico dos EUA.

Veja também: Recife de coral profundo é o maior conhecido do mundo

Their 15-day expedition on the research vessel Atlantis was part of a five-year project called Deep Search off the Atlantic coast between Virginia and Georgia, with the reef found off Charleston in South Carolina.

Seguindo a observação de “montes profundos” numa expedição anterior, os investigadores ficaram surpreendidos quando um mergulho de oito horas no seu submersível tripulado Alvin revelou evidências de “recifes e montes de corais em águas profundas, enormes desfiladeiros submarinos e comunidades de águas frias que dependem da energia do gás natural em vez da luz solar para alimentar a produtividade”.

Thought to date back to pre-human times, the reef appears to consist mainly of Lofélia, the dominant reef-forming coral in the deep sea, but a total of eight species were identified on the dive, including Enalopsammia, Madrépora e vários octocorais.

The scientists described the reef as unlike any they had seen before, and expressed surprise that it could have remained hidden from view for so long.

A descoberta é vista como especialmente significativa num momento em que a administração Trump procura suspender as proibições de licenciar empresas para perfurar petróleo e gás em áreas offshore dos oceanos Atlântico e Ártico.

O projeto Deep Search visa identificar áreas vulneráveis ​​do fundo marinho que deveriam estar isentas de qualquer exploração desse tipo.

VAMOS MANTER CONTATO!

Receba um resumo semanal de todas as notícias e artigos da Divernet Máscara de mergulho
Não fazemos spam! Leia nosso política de privacidade para mais informações.
Subscrever
Receber por
convidado

0 Comentários
Comentários em linha
Ver todos os comentários

Entre em contato

0
Adoraria seus pensamentos, por favor, comente.x